Um ônibus e um carro de passeio foram completamente destruídos por um incêndio criminoso, na noite desse domingo (31) no bairro Vila São Paulo, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O coletivo, da linha 2035 (Bairro das Indústrias/Centro), foi atacado por dois homens encapuzados quando era estacionado no ponto final. 

Segunodo a Polícia Militar, o incêndio aconteceu na rua Senador Lúcio Bittencourt, por volta das 19h50. O motorista do ônibus contou que havia acabado de desembarcar do veículo, onde havia apenas ele, quando a dupla o abordou. Armados e um deles portando um galão de gasolina, os suspeitos ordenaram que o motorista corresse sem olhar para trás. 

Antes de incendiarem o veículo, eles ainda chegaram a dizer que seriam da Penitenciária Nelson Hungria, também em Contagem, mas que está localizada a cerca de 36 km de distância do ponto onde o incêndio foi provocado. 

Temendo por sua vida, o motorista teria corrido e, quando olhou para trás, viu o ônibus já tomado pelas chamas. Após a ação, a dupla fugiu e não foi mais localizada pela polícia. 

Ainda de acordo com a PM, durante o incêndio, um Chevrolet Prisma que estava estacionado próximo ao coletivo acabou sendo atingido pelas fortes chamas, sendo também completamente consumido. 

O Corpo de Bombeiros esteve no local e conteve as chamas, mas não foi possível salvar os dois veículos. O representante da empresa de ônibus rebocou o que sobrou da carcaça para a garagem. 

A ocorrência foi encerrada na 4ª Delegacia de Polícia de Contagem, que investigará o crime. 


Leia mais:
Confusão termina com dois presos feridos por agentes penitenciários na Nelson Hungria
Fernão Dias fica totalmente interditada após grave acidente com cinco veículos no Sul de Minas
Rescaldo de incêndio interdita Tereza Cristina e complica trânsito na região Oeste de BH
Justiça condena 25 integrantes do PCC que cometeram ataques e incendiaram ônibus em Minas