2022 começa sob chuva em BH, e previsão é de ainda mais água neste sábado; confira

Luiz Augusto Barros
@luizaugbarros
01/01/2022 às 08:57.
Atualizado em 04/01/2022 às 00:16
 (Maurício Vieira/Hoje em Dia)

(Maurício Vieira/Hoje em Dia)

O novo ano começou sob chuva intensa em Belo Horizonte, e a previsão do tempo indica que haverá mais água ao longo deste sábado (1º). Segundo a Defesa Civil da capital, o dia será de céu encoberto com chuva (30 a 50 mm), acompanhada de raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h até 8h de domingo (2).

Pela manhã, por volta das 7h40, todas as nove regionais da cidade tinham registro de precipitações. Na região Noroeste, a intensidade era forte, com mais de 5 mm a cada cinco minutos.

Segundo o órgão municipal, a temperatura mínima registrada foi de 17°C, enquanto a máxima estimada é de 22ºC. A umidade relativa mínima do ar deve girar em torno de 85% à tarde.

Acumulado

De acordo com balanço da Defesa Civil, cinco regiões da metrópole acumularam volume maior do que esperado para o mês de dezembro, que tem média histórica de 358,9 mm. Na Centro-Sul, foram quase 20% acima do normal. Veja o acumulado:

  • Barreiro - 318,0 (88,6%)
  • Centro Sul - 427,8 (119,2%)
  • Leste - 370,4 (103,2%)
  • Nordeste - 391,6 (109,1%)
  • Noroeste - 377,4 (105,2%)
  • Norte - 342,8 (95,5%)
  • Oeste - 361,8 (100,8%)
  • Pampulha - 321,8 (89,7%)
  • Venda Nova - 357,6 (99,6%)

Risco geológico

Em virtude do volume das chuvas previstas para os próximos dias, há a possibilidade de risco geológico até segunda-feira (3). A Defesa Civil recomenda atenção ao grau de saturação do solo, sinais construtivos e cuidados com quedas de muros, deslizamentos e desabamentos. A situação mais crítica está no Centro-Sul, Leste, Nordeste, com intensidade alta. Já em Venda Nova, Norte, Noroeste e Oeste, o risco é moderado.

Alertas no celular

Os moradores podem receber os alertas de risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, risco de deslizamentos de terra e outros fenômenos meteorológicos por SMS. Para se cadastrar, basta enviar uma mensagem de texto com o CEP para o número 40199. O serviço não tem custo. A população também pode acompanhar pelas redes sociais.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por