Vinte e uma pessoas morreram nas estradas mineiras vítimas de acidentes durante o feriadão de Finados em 260 acidentes, segundo balanços das polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar Rodoviária (PMRv) divulgados nesta segunda-feira (3). Foram pelo menos 267 feridos entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro.

Segundo o balano da PRF, dez pessoas morreram em rodovias federais que cortam Minas Gerais em 131 acidentes. Outras 177 ficaram feridas.

A PRF emitiu 442 multas, neste período, por ultrapassagens proibidas. Cinco motoristas foram presos por pegarem a direção em estado de embriaguez. Outros 37 foram multados por dirigirem após a ingestão de bebidas.

Nos quatro dias, foram fiscalizados 8.093 veículos, e 338 motoristas foram multados por dirigir sem o cinto de segurança. Também foram emitidas 122 multas por passageiros sem o cinto e 28 por falta de cadeirinha para crianças pequenas.

Como o feriado de Finados não foi prolongado em 2019, a PRF não fez uma comparação de dados sobre acidentes e mortes.

Já o balanço da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) contabilizou onze mortos em acidentes. A corporação registrou durante a Operação Minas em Segurança, entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro, 129 batidas nas estradas. Em 90 delas, houve vítimas.

Duzentas e noventa e sete CNHs foram recolhidas, dez veículos recuperados e os suspeitos, detidos. Houve 11 ocorrências relativas ao tráfico e 144 por posse de drogas.

Os policiais rebocaram 423 veículos e realizaram 4.138 testes com bafômetro, autuaram 5.707 motoristas por infrações e abordaram 28.758 pessoas. Quase 25 mil veículos foram fiscalizados e houve duas ocorrências por transporte irregular de passageiros.