Falar em público provoca pânico em muita gente. Porém, a tarefa pode ser necessária para alguns profissionais. Mas como superar o medo de discusar diante de uma plateia? Segundo especialista, com algumas técnicas é possível superar essa aflição. Confira abaixo sete conselhos para quem quer perder o medo de falar em público: 

1- Todo falar em público requer treino
Assim como ninguém nasce bom em tocar violão, ser engenheiro ou em ser psicólogo. Tudo isso nós aprendemos através do treino. Se você deseja falar bem em público, precisa dedicar muitas horas da vida a treinar. Você pode treinar palestras sozinho, em frente a um espelho, se gravando para corrigir os erros e, até mesmo, com uma plateia de amigos;

2- Confie em si mesmo
Desenvolva a autoconfiança, tenha pensamentos positivos e acredite em suas capacidades e conhecimentos sobre o assunto que irá apresentar. Programe-se mentalmente para ter êxito e sair-se bem na frente de todos;

3- Postura é comunicação
A postura, gestos e feições são importantes para o que está dizendo. Nosso corpo fala e muito, nós precisamos aprender como usar essa comunicação para sermos ainda mais impactante para o público. Uma postura muito dura, por exemplo, pode transmitir tensão;

4- Tenha bom-humor, nada muito forma
Conheça bem o público. Procure a técnica mais adequada para manter o contato com ele, tente interagir com as pessoas da plateia e seja simpático e dinâmico;

5- Use recursos para potencializar a apresentação
Slides, microfone, apostilas, seja lá como for o material, construa a apresentação de forma coesa, seguindo uma ordem com apresentação, desenvolvimento e conclusão. Isso é fundamental para não perder o foco, manter-se seguro e conseguir dar uma sequência lógica em sua fala;

6- Não seja só sorrisos, aja naturalmente
Procure trabalhar nos pontos citados, mas de forma natural. Não tente copiar a maneira de alguém falar, por exemplo. O público está com os olhos fixos em você e será perceptível se for algo forçado;

7 - Fale com boa intensidade e velocidade
Não seja lento, mas também não seja rápido demais. Mantenha um ritmo de maneira que o público entenda exatamente o seu ponto de vista. Seja claro e objetivo, sem muitos rodeios, isso pode causar enfado nas pessoas.

*Dicas do psicólogo e psicanalista Eraldo Melo