Moradores de Rio Acima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, terão a oportunidade, neste fim de semana, de concorrer a bolsas de estudo de até 90% em mais de 30 cursos de graduação e ingressar no Ensino Superior ainda neste ano. As Faculdades Kennedy e Promove realizam, neste sábado (25), a última edição da Ação Promove referente ao segundo semestre de 2019.

Realizado na Escola Municipal Terezinha da Silva Cosenza (rua João Clemente, 500, bairro Matadouro), às 9h, o evento promove a realização de uma prova, em que o estudante concorre a bolsas nos cursos universitários ofertados em três unidades do grupo de Belo Horizonte: avenida João Pinheiro, Prado e Venda Nova.

Para participar da prova, é preciso fazer uma inscrição gratuita aqui e depois comparecer à Ação Promove no horário marcado. Quem não conseguir fazer a inscrição pela internet não precisa se preocupar, porque poderá fazê-la pessoalmente.

Neste ano, foram realizadas outras 13 edições do Ação Promove. O projeto distribuiu 300 bolsas de estudo e promoveu mais de 2 mil atendimentos, realizados por alunos dos mais diferentes cursos, como Enfermagem, Nutrição, Odontologia e Direito.

Novidades

De acordo com o professor Kleber Lorenzini, coordenador do Núcleo de Extensão das Faculdades Kennedy e Promove, o grupo anunciará novidades para quem deseja voltar para as salas de aula em setembro.

O grupo está investindo em um trabalho de Educação Superior Continuada e, no dia 25 de setembro, irá lançar oficialmente a nova pós-graduação Promove. “O programa vai contar com mais de 65 cursos das mais diferentes áreas, como jurídica, de saúde e de gestão”, adianta. As aulas desse programa serão realizadas na rua Diamantina, 463, no bairro Lagoinha.

Também serão lançados cursos de extensão voltados para a comunidade, sendo alguns deles gratuitos. São cursos livres, profissionalizantes, de especialização e aperfeiçoamento, com curta duração e voltados para um público geral. “Na área da gastronomia, por exemplo, vamos oferecer cursos de confecção de bolos e biscoitos”, diz Lorenzini, completando que as aulas devem ser ofertadas em todas as unidades do grupo.