A um mês para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é hora de controlar a ansiedade para chegar inteiro aos dias de provas, marcadas para 3 e 10 de novembro. Este ano, mais de cinco milhões de candidatos se inscreveram para o exame, 

Para quem já sente a pressão e o "medo do branco" aumentarem à medida em que se aproximam as provas, a psicóloga e hipnoterapeuta Vanessa Bruno  ensina técnicas simples de relaxamento e autoconfiança que podem ser feitas poucos minutos antes dos estudos ou à noite, para garantir uma noite tranquila de sono. 

 

 

Passo a passo:

1. Respiração peitoral/barriga: exercício que pode ser feito antes de dormir. Quando estiver deitada, a pessoa deve inspirar e expirar, concentrando a atenção hora no peitoral, hora no abdômen, ou seja, inflando e esvaziando completamente cada órgão de forma alternada. Entre o exercício com a barriga e o peitoral, é indicado fazer uma respiração normal.

2. Inspirar/ expirar: pode ser feito em qualquer hora do dia, mas deve ser em um ambiente tranquilo. A pessoa deve inspirar pensando em tranquilidade e expirar toda tensão e nervosismo.

3. Autoconfiança: é preciso se sentar em uma posição confortável, com a coluna ereta, para em seguida olhar para cima (só com os olhos) e iniciar uma contagem regressiva de 10 a 1. No um, os olhos devem ser fechados para a pessoa mentalizar as seguintes frases: "como é maravilhoso imaginar a excelente prova que eu realizei", "como é bom ter tirado nota boa", "como é maravilhoso visualizar meu nome na lista dos aprovados".

A hipnoterapeuta ainda recomenda que o candidato ao Enem priorize um sono tranquilo nos dias anteriores às provas, eliminando o uso de celulares e TVs antes de dormir, considerados por ela fatores estressantes. 

Concentração sim, excessos não

O professor José Eustáquio Simões, que dá aulas sobre atualidades nas Faculdades Promove e no Pré-Enem Promove, explica que desacelerar é importante porque a tensão e o excesso de estudos nesse momento podem sobrecarregar o aluno e atrapalhá-lo na hora da prova. 

"O ideal é que o aluno revise aquilo que ele já domina e não fique tentando correr atrás daquilo que ele não aprendeu ou não sabe. Isso vai cansar mais o candidato, podendo levá-lo a embaralhar coisas que ele já sabe", explica o professor. 

Segundo Simões, já é esperado um percentual de erro e se esse percentual acontecer dentro da matéria que o estudante já sabe é ruim. A sobrecarga de estudos pode contribuir para que isso aconteça.

Outro ponto destacado por Simões é a concentração. "Na véspera da prova, é bom evitar ambientes agitados. O ideal é assistir a um filme que tenha relação com a matéria, ficar em casa, ter um bom papo com amigos ou pessoas da família", diz.

Leia mais:
Prazo para bolsas remanescentes do ProUni é prorrogado até sexta-feira
Inep lançará série de conteúdos do Enem em Libras
Cursinhos preparam alunos para temas sem polêmicas no Enem 2019