Pelo menos 30 carcaças de animais foram apreendidas em um abatedouro clandestino em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA), o local sacrificava bois, sapos, tatus, cobras, pássaros da espécie anu-preto e aranhas caranguejeiras sem autorização.

O estabelecimento, que funcionava no bairro São Benedito, foi interditado pela vigilância sanitária. Além disso, a polícia aplicou multa de R$ 35.074,62. A proprietária do abatedouro não estava no local no momento da ocorrência. Ninguém foi detido.

Carnes que estavam estocadas em um freezer também foram apreendidas pelos agentes. O estabelecimento, segundo explicou o tenente José Wilson, foi descoberto durante fiscalização da vigilância sanitária.

Com as irregularidades, o órgão acionou a PM do Meio Ambiente, que enviou equipe para o local e registrou a ocorrência.