Adolescentes de 12 a 17 anos, com comorbidades, começam a ser vacinados hoje em Belo Horizonte. Aqueles que não se cadastraram no site da prefeitura podem comparecer aos postos e comprovar a condição de saúde, com atestado ou laudo médico. Não há garantia de que irão receber as doses, mas os casos serão analisados pelas equipes. 

Os jovens da mesma faixa etária com deficiência permanente, gestantes, puérperas ou lactantes também serão imunizados. Todos irão receber a Pfizer, única com autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para este público. A expectativa – conforme os cadastros da PBH – é proteger 5,5 mil moradores.

Em meio à chegada da variante Mu, avanço da Delta e volta às aulas presenciais, a vacinação desse público é cada vez mais necessária, reforça o infectologista e membro do Comitê de Enfrentamento à Covid na capital, Unaí Tupinambás. O médico lembra que os adolescentes podem ser alvo das novas infecções, transmitindo a doença.

Jovens de 12 a 17 anos com deficiência permanente, gestantes, puérperas ou lactantes também serão imunizados a partir de hoje na capital

Segundo o diretor de Promoção à Saúde e Vigilância Epidemiológica da prefeitura, Paulo Corrêa, a administração municipal não abrirá um novo cadastro para o grupo. “Possivelmente, deve ter mais pessoas que não o fizeram, mas vamos ter uma atenção especial. Desde que tenham a documentação e tudo esteja certo, as equipes vão avaliar”, afirmou.

Demais grupos

Adolescentes sem comorbidades ainda vão aguardar pela dose da vacina na capital. Para imunizar o restante do público, a PBH ainda depende do envio de novas unidades da Pfizer, já que o quantitativo atual, de acordo com Paulo Corrêa, não atenderia toda a população de 12 a 17 anos. 

Serviço

Além de hoje, a vacinação para adolescentes com doenças crônicas também ocorre na quarta-feira, das 8h às 17h em pontos fixos, e das 8h às 16h30 no drive-thru. É preciso checar os endereços, disponibilizados no portal da PBH, antes de se deslocar. Para se imunizar, os adolescentes de 15 a 12 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. Já os jovens de 16 e 17 anos, não. 

Leia também:
BH vacina contra Covid os adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidade nesta segunda; confira locais
Cerca de 82% das mortes por Covid-19 em Minas são de pacientes não imunizados