Uma briga por conta do alarme de uma bicicleta terminou com uma adolescente de 17 anos morta, na madrugada desta quinta-feira (4), na cidade de Unaí, no Noroeste de Minas. A suspeita, também de 17 anos, é namorada do ex da vítima, um homem de 28 anos que foi preso por ter ajudado na fuga após a vítima ser atingida por uma facada no pescoço.

O registro da Polícia Militar (PM) aponta que era por volta das 3h quando a confusão teve início no interior de uma lanchonete, localizada no centro do município. Testemunhas relataram que a vítima já estava no estabelecimento quando a suspeita chegou acompanhada do namorado, uma mulher de 24 anos e outra adolescente, de 16. Em dado momento, o alarme da bicicleta da menor que foi morta disparou, o que teria incomodado o grupo e originado a discussão generalizada. 

Durante a confusão, a suspeita deu um golpe no pescoço da adolescente e fugiu na companhia das amigas e do namorado, que dirigiu o carro usado na fuga. Uma câmera de segurança da lanchonete filmou toda a ação. É possível ver o momento em que a facada acontece, porém, a vítima parece não perceber o que aconteceu e continua em pé por um bom tempo. Assista: 

Quando a PM chegou ao local, a vítima ainda estava consciente. Ela foi levada para o hospital, porém, acabou morrendo durante o atendimento. As buscas pelos suspeitos tiveram início e, por volta das 4h, a autora foi localizada escondida em uma casa, na companhia do namorado e da outra adolescente que estava presenta na hora da briga. 

Fuga

O ex-namorado da vítima teria levado as duas adolescentes e a mulher para a casa de um amigo, sendo que as duas menores foram buscadas depois por outro jovem e levadas para casa dele, onde acabaram detidas. Na residência, ainda foram apreendidas uma arma e uma porção de maconha. 

Já com a suspeita, a PM apreendeu a faca usada no homicídio e outras duas armas brancas. O carro usado na fuga também foi apreendido. Os quatro envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Unaí. Informações de moradores do município dão conta que tanto a vítima quanto os autores seriam "barraqueiros" e usuários de drogas. 

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil (PC), dentre os conduzidos para a delegacia, só ficou preso o ex-namorado da vítima, por ajudar na fuga e por posse ilegal de arma de fogo. Além dele, a adolescente de 17 anos autora do crime foi apreendida e será apresentada ao Ministério Público. Os demais envolvidos não tiveram a participação no homicídio confirmada por falta de provas.

Leia mais:
Grávida de 16 anos é estuprada e morta pelo ex após ele criar perfil falso e marcar encontro
​​
PM detém grupo suspeito de roubar e matar casal de fazendeiros na Região Central de Minas
Estudo põe Minas como o terceiro mais violento para a infância e adolescência