Um adolescente de 16 anos procurou a Polícia Militar e confessou que esfaqueou e matou o padrasto para defender a mãe de agressões. O ato infracional, de acordo com a corporação, aconteceu em uma casa do bairro Dom Bosco, região de Betim, na Região Metropolitana de BH.

Aos militares, o jovem contou que estava cansado de ver a mãe sendo agredida pelo companheiro. Na noite de sábado (7), ao presenciar mais sessão de violência do homem, ele teria pegado uma faca e desferido vários golpes na vítima.

Após o delito, o menor foi até uma base comunitária da PM e admitiu o ato infracional. Os militares foram até a residência da família e, lá, encontraram o homem morto na cozinha. A perícia constatou que o padrasto recebeu cinco golpes no peito e costa.

A mãe do adolescente confirmou a versão do filho. Ela disse que estava discutindo com o companheiro quando os dois começaram a brigar, momento em que o jovem interviu para defendê-la. O menino tinha marcas leves no pescoço e informou que, em outras ocasiões, também tinha apanhado do padrasto. 

A perícia esteve no local e encaminhou o corpo para o Instituto-Médico Legal (IML) do município. A ocorrência foi encerrada na delegacia de plantão de Betim.