Adolescentes de 12 a 17 anos, com comorbidades, começaram a ser imunizados contra a Covid-19 em Belo Horizonte nesta segunda-feira (6). Cada vez mais próximos de uma vida normal, os jovens celebraram a vacinação. 

É o caso de Bernardo Guimarães, de 12 anos, que foi ao Centro de Saúde Oswaldo Cruz, no Barro Preto, região Centro-Sul da capital. Ele recebeu a Pfizer.

“Acho muito legal a motivação que meus pais fizeram para eu tomar a vacina. Agora estou imunizado para voltar e encontrar com meus amigos com todos os cuidados”, disse o garoto, que cursa o 7º ano do ensino fundamental.

“Não dói nada. Vale muito a pena”, disse Bernardo.

O pai do menino, Eduardo Pimenta, de 47 anos, é médico e comemorou a aplicação da proteção no filho. “Mais uma etapa cumprida para a gente tentar retomar a nossa vida”.

Além disso, ele relembrou a necessidade de todos os moradores buscarem pelo escudo contra o coronavírus. 

“Quanto antes a população ficar imunizada a gente vai virar essa página e seguirmos nossa história”, completou.

Serviço

A vacinação é das 8h às 17h em pontos fixos, e das 8h às 16h30 no drive-thru. Para se imunizar, os adolescentes de 15 a 12 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. Já os jovens de 16 e 17 anos, não. Não haverá aplicação no feriado de 7 de Setembro.

*Com informações de Lucas Prates

Leia mais:

Adolescente com comorbidade, sem cadastro, pode tentar 'xepa' da vacina no posto de saúde; entenda
Covid: BH não aplicou nenhuma dose de CoronaVac dos lotes suspensos pela Anvisa