Dois adolescentes, que ainda não tiveram a idade divulgada, tentaram assaltar na manhã desta quinta-feira (26) uma agência bancária de Alfenas, no Sul de Minas, chegando a fazer três funcionários reféns durante a ação. Após cerca de 1h30 de negociação, os suspeitos libertaram as vítimas e se entregaram. 

As informações da Polícia Militar (PM) dão conta que, por volta das 8h40, o gerente da agência da Caixa Econômica Federal do bairro Pinheirinho foi abordado quando estacionava o veículo próximo ao trabalho. Levado para um bairro próximo, a vítima viu seus sequestradores ligarem para outras pessoas e, pouco depois, foi obrigado, sob a mira de um revólver, a ir até o banco. 

Lá, o segurança que já estava trabalhando percebeu a situação e se rendeu, destravando a porta giratória e entregando sua arma aos assaltantes. Além do gerente e do segurança, um tesoureiro também já havia chegado e também foi rendido pelos menores.

Ainda de acordo com a PM, uma faxineira que chegava para trabalhar notou a situação e foi até um posto próximo e acionou a polícia. Imediatamente viaturas cercaram a agência e iniciaram o diálogo com os suspeitos, que não conseguiram acessar o cofre antes da chegada dos militares. Entretanto, a dupla chegou a danificar as câmeras do circuito interno. 

Negociação

Ainda segundo a PM de Alfenas, foram cerca de 1h30 de conversa com os assaltantes, que estavam o tempo inteiro armados com dois revólveres, um deles e um do segurança. Um dos adolescentes chegou a requisitar que sua mãe fosse chamada. A mulher foi levada até a agência sob escolta policial e acompanhou as negociações e rendição. 

Não houve nenhum disparo de arma de fogo e ninguém ficou ferido durante o assalto. Os adolescentes foram apreendidos em flagrante por tentativa de roubo e foram levados para a Delegacia da cidade. Por fim, de acordo com a PM, os familiares do gerente foram procurados e informaram que não chegaram a ser abordados pelos assaltantes, uma prática comum neste tipo de roubo. 

O site local Minas Acontece acompanhou toda a ocorrência e chegou a registrar boa parte da negociação, inclusive o momento da libertação dos reféns. Confira:

Leia mais:
Gerente de banco e sua família são sequestrados quando voltavam da igreja no interior de Minas
​​
Polícia investiga se sequestrador de ônibus no Rio queria 'suicídio pela polícia'
BH registra 4 sequestros por mês este ano; um deles, de criança de 7 anos, foi coordenado da prisão