Seis menores de idade foram apreendidos neste sábado (4) suspeitos de integrarem uma quadrilha de roubo de carros do Uber, em Belo Horizonte. Os adolescentes, com idades entre 15 e 17 anos, foram flagrados conduzindo um veículo utilizado pelo aplicativo na capital e que havia sido levado por bandidos.

Conforme o Hoje em Dia mostrou na última quarta-feira (1°), pelo menos três carros que prestam o serviço de transporte de passageiros pelo app na capital foram roubados no fim de semana passado. Temendo os crimes, parceiros do serviço mudaram a rotina e alguns pensam em abandonar a plataforma.

Localizado

De acordo com informações do 13º Batalhão da Polícia Militar, o carro, localizado na região de Venda Nova, na capital, atendeu a uma solicitação no bairro Jardim Europa de onde partiu para o bairro Canaã. Lá, foi anunciado o assalto e o veículo roubado. Dentro do carro havia, conforme relato do motorista assaltado à polícia, cerca de R$ 300. 

Graças ao rastreador do veículo, foi possível encontrar o automóvel. Durante a abordagem da PM, os suspeitos fugiram, mas perderam o controle e bateram o carro. Dentro do veículo, a polícia encontrou uma réplica de arma de fogo e R$ 296 em dinheiro. 

A ocorrência foi encerrada no Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA).

Digilências

Na última semana, A Delegacia Especializada de Investigação a Furtos e Roubos de Veículos informou, por meio da assessoria de comunicação, que diligências estavam sendo realizadas para identificar os suspeitos de envolvimento nos roubos dos veículos. O Uber não comentou o assunto.

A Polícia Militar disse que estuda medidas para reduzir a quantidade de roubos aos carros do aplicativo na região de Venda Nova. A ideia é discutir com os responsáveis pela plataforma ações que possam diminuir os atrativos para os criminosos. Uma das soluções seria eliminar a opção de pagamento da corrida em dinheiro. 

 

Leia mais:

Onda de assaltos amedronta motoristas do Uber; só no fim de semana foram três casos

Após roubos de carros, PM quer parceria com o Uber