Enquanto os casos de sarampo crescem em todo o Brasil, o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Grande BH, começa nesta quinta-feira (29) a imunizar passageiros que passam pelo local. Os atendimentos funcionarão de segunda a sexta-feira, no primeiro andar do terminal. Atualmente, a cobertura vacinal contra a doença está em apenas 40% na Região Metropolitana da capital.

A iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), com a BH Airport – concessionária que administra o aeroporto –, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Prefeitura de Confins tem como prerrogativa evitar que o surto, que já matou uma pessoa em São Paulo, chegue a Minas. Especialistas alertam para a proximidade com o Estado paulista.

As doses contra o sarampo, doença infecciosa e extremamente contagiosa que pode ser contraída pela tosse, espirro ou pela fala, serão aplicadas no primeiro andar do aeroporto, das 9h às 16h. A vacinação poderá ser aplicada para a população de seis meses a 49 anos. Os interessados devem apresentar cartão de vacina, caso possuam. 

Leia mais:
Falta vacina contra o sarampo e há até racionamento em postos da Grande BH
Centro de Saúde do Tirol é fechado pelo segundo dia seguido por suspeita de sarampo
Vacina contra sarampo é racionada para adultos em Santa Luzia