Uma diretora de uma escola estadual no bairro Jardim Guanabara, na região Norte de Belo Horizonte, foi agredida na manhã desta quarta-feira (4), por um aluno de 16 anos. O caso ocorreu enquanto a vítima ligava para a mãe do menor, relatando outro caso de violência dele contra uma professora da unidade de ensino.
 
Segundo a Polícia Militar, por volta das 8h30, a diretora R.A.S., de 52 anos, ligava para a mãe do adolescente, na Escola Estadual Bolivar de Freitas, para conversar sobre uma agressão do aluno, no dia anterior, contra uma professora no local.
 
O menor invadiu a diretoria, pegou um tripé de iluminação e golpeou, por trás, a cabeça da educadora. Um outro funcionário conteve o aluno enfurecido.
 
A diretora sofreu um corte na cabeça e chamou a PM, que deteve o menor. A educadora foi levada para uma unidade de saúde, medicada e liberada. Já o adolescente foi levado para a 22º delegacia Seccional de Venda Nova, juntamente com os pais dele, para o registro do boletim de ocorrência.
 
Segundo a Secretaria de Estado de Educação, uma reunião deverá ser realizada entre a Superintendência Regional de Ensino e os pais do aluno, para discutir a medidas disciplinares contra o adolescente.
 
Briga
 
A Polícia Militar teve que voltar na mesma escola, no fim da tarde desta quarta-feira, para conter duas adolescentes que brigaram na porta da unidade. Segundo a PM, uma aluna de 17 anos agrediu outra, com socos, tapas e puxões de cabelo.