Alunos de Belo Horizonte não terão mais tempo máximo de permanência nas escolas. A decisão foi oficializada por meio de portaria publicada no Diário Oficial do Município (DOM) nesta terça-feira (31). A decisão já está em vigor. 

Anteriormente, segundo protocolo da PBH, o tempo máximo era de 5 horas para creches e escolas de ensino fundamental e médio, admitindo-se horário integral para educação infantil.

Eventos

O DOM desta terça também atualizou a portaria que dispõe sobre protocolos específicos para atividades presenciais nesses locais. De acordo com o documento, para realização de eventos em escolas, é preciso observar o protocolo aplicável a feiras, exposições, congressos e seminários, como distanciamento, obrigatoriedade do uso de máscara de proteção e disponibilidade de álcool em gel. O mesmo é válido para instituições de ensino superior e centros de formação profissional.

Leia mais:
Em meio a projeto de lei que pode inviabilizar serviço, 'Uber do ônibus' dá viagens grátis em Minas
Assembleia aprova, em 1º turno, projeto que regulamenta fretamento de viagens intermunicipais
Turismo sob ameaça: setor teme que, se vingar, lei gere rombo de R$ 6 bi e 20 mil demissões em Minas