Um grupo formado por sete estudantes das Faculdades Promove conquistou o primeiro lugar do Hackathon, uma competição desenvolvida pelo Conselho Regional de Administração (CRA-MG). No concurso, os participantes tiveram que propor soluções para problemas reais de empresas. Treze instituições de ensino superior, públicas e privadas, disputaram o torneio.

A vencedora da maratona on-line, organizada pela primeira vez neste ano, foi a equipe "A Vacina", orientada pela professora Ana Cristina Marques. Durante a disputa, cada grupo planejou soluções em marketing, logística, recursos humanos e finanças para auxiliar negócios de diferentes áreas.

Uma comissão analisou as propostas e, na quinta-feira (8), a equipe ganhadora foi anunciada. O grupo "A Vacina" elaborou o projeto para uma sorveteria. A conquista rendeu prêmio de R$ 4 mil e certificados aos participantes.

Ensino eficiente

Coordenadora do curso de Administração das Faculdades Promove, Andrea Arnaut destacou que a premiação coroou o trabalho realizado com os estudantes. "Mostra o nível de conhecimento deles e a qualidade do ensino desenvolvido pela instituição, que utiliza metodologias ativas". 

Já a professora Ana Cristina Marques destacou que a competição foi desafiante, uma vez que envolveu várias competências, como liderança, relacionamento interpessoal, gerenciamento de tempo, negociação, planejamento e comunicação. "Foi um trabalho árduo, mas, ao mesmo tempo, empolgante, no qual os alunos puderam experimentar o que é consultoria".

A educadora que acompanhou de perto o trabalho da equipe vencedora ainda reforçou que o Hackathon foi uma oportunidade de atestar que os ensinamentos transmitidos pela faculdade são eficientes.

Vencedora do prêmio junto com mais seis colegas de classe, Bianca Figueiredo Ribeiro, de 27 anos, comemorou bastante. Aluna do 5º período, ela lembra que foram dez dias de muita dedicação para elaborar o projeto. "Estou muito feliz. Tivemos um suporte muito grande dos professores e coordenadores ao longo de todo o curso", destacou.