A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização de testes em humanos para o desenvolvimento da vacina ButanVac, projeto conduzido pelo Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo.

A ButanVac é um imunizante com tecnologia predominantemente nacional e que, caso obtenha registro, poderá ser fabricada integralmente no Brasil. O órgão regulador deu a autorização condicionada à apresentação de dados complementares sobre o andamento das pesquisas.

butanvac

A ButanVac é um imunizante com tecnologia predominantemente nacional

De acordo com a Anvisa, a pesquisa clínica das fases 1 e 2 terá três etapas, com previsão de participação de 6 mil voluntários. A autorização dada nesta quarta-feira (9) corresponde à fase A, da qual participarão cerca de 400 pessoas.

Os testes serão realizados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Em seu Twitter, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), comemorou a autorização. Ele informou que o Instituto Butantan já produziu 7 milhões de doses do imunizante.

Leia Mais:
Butantan solicita à Anvisa aprovação para testar Butanvac em humanos
ButanVac será superior à 1ª geração de vacinas, afirma diretor do Instituto Butatan
Ainda sem teste em humanos, Butantan inicia produção de vacina contra a Covid