Um casal foi preso, nesta terça-feira (25), na zona rural de Uberaba, no Triângulo Mineiro, após ter sido flagrado pela Polícia Militar de Meio Ambiente com várias armas e munição em casa. Os dois haviam sido apontados pelo vizinho como autores da morte de um cachorro na divisa das duas propriedades.

De acordo com a PM, o vizinho relatou que deu falta de um de seus cachorros e saiu à procura do animal, encontrando-o morto próximo ao córrego que divide as duas propriedades. Segundo ele, o vizinho seria o autor do disparo que matou o cachorro.

Os policiais de meio ambiente foram até a casa do vizinho e a entrada foi permitida pela família. No local, os agentes se depararam com um revólver calibre .32; uma espingarda calibre .12; uma espingarda calibre .36; um rifle calibre .22; dois carregadores de rifle calibre .22; 101 cartuchos de espingarda calibre .12 intactos; 220 munições de revólver calibre .22 intactas; três cartuchos de espingarda calibre .12 deflagrados, entre outras dezenas de munições de diferentes calibres.

Todo o material foi apreendido e o casal foi preso por posse ilegal de armas.