Dados do boletim desta sexta-feira (9) divulgado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) apontam que 16% dos 853 municípios mineiros decretaram situação de emergência em 2019 por conta da estiagem ou seca. Ao todo, 139 cidades enfrentam problemas pela falta de chuva, a grande maioria deles localizados nas regiões Norte e Jequitinhonha. 

São João do Pacuí, no Norte do Estado, foi a cidade que baixou o decreto há mais tempo, no dia 12 de fevereiro desse ano. Porém, a situação de emergência vence já neste sábado (10). O pedido pode ser prorrogado a pedido da prefeitura caso a situação de seca permaneça atingindo a cidade. 

Já o município de Itamarandiba, no Jequitinhonha, entrou em alerta por conta da seca no último dia 27 de julho, ficando nesta situação até o dia 19 de janeiro de 2020. 

Ao decretar a situação de emergência, as prefeituras das cidades obtêm facilitações na contratação de serviços que envolvam o problema. Além disso, a própria Cedec distribui águas aos municípios, para garantir o mínimo para as populações. 

Leia mais:
Governo de Minas disponibiliza 70 reservatórios de água para 21 municípios do semiárido
Seca e irresponsabilidade: primeiro dia do mês é marcado por vários incêndios em Minas
Seca deste ano já atinge quase 80% mais cidades que toda a estiagem de 2018