Uma mulher de 28 anos está internada no Hospital João XXIII desde a noite dessa terça-feira (23) após ser golpeada 20 vezes supostamente pelo ex-marido com um punhal. O homem de 32 anos fugiu após o crime e até a tarde desta quarta-feira (24) ainda não havia sido encontrado. O estado de saúde da vítima é estável. 

Segundo a Polícia Militar, a mulher havia deixado a casa do ex-marido, com quem tem quatro filhos, há uma semana. O casal morava no bairro Ermelinda, na região Noroeste de Belo Horizonte. Nesta terça, por volta das 17h, ela foi até o local para ver as crianças, como havia combinado com o homem.  

No entanto, quando estava indo embora, o ex-marido disse que ela só sairia de casa morta e pegou uma faca na cozinha para tentar assassiná-la. Mas, ao perceber que a faca não estava perfurando o corpo da vítima, ele pegou um punhal que estava escondido embaixo do colchão, jogou a vítima no chão e passou a golpeá-la com o objeto.

Ao chegar ao hospital, o médico constatou 20 perfurações nos braços, tórax e rosto da vítima. A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado pela delegada Ana Paula Balbino, da Delegacia de Mulheres. 

Leia mais:
Conheça a mulher que escapou da morte e, hoje, ajuda outras vítimas de violência doméstica em BH
Pelo menos 16 mulheres são vítimas de violência doméstica por hora em Minas; 64 morreram este ano
Suspeito de matar mulher e 'concretar' corpo em obra no Espírito Santo é preso em BH