Dois homens foram presos e dois menores apreendidos, na madrugada desta terça-feira (19), no aglomerado da Serra, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Todos suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas. O policiamento na região foi reforçado após um atentado na região que terminou com 11 pessoas baleadas, duas pisoteadas e um morto. O crime ocorreu no domingo e os suspeitos ainda são procurados.

Segundo os militares do Batalhão de Rondas Tático Metropolitanas (Rotam), Sebastião Alves de Souza, 43 anos, Alisson Silva Santos, de 26 anos, e dois adolescentes de 16 e 17 anos, foram flagrados vendendo drogas na rua Sacramento.

Antes de serem presos, os suspeitos teriam fugido para o beco Dona Clara quando notaram as viaturas policiais. Para detê-los, os militares fingiram deixar o local e ficaram cerca de 30 minutos escondidos.

Logo após, o quarteto voltou e, aos poucos, usuários de drogas começaram a aparecer e comprar os entorpecentes que os suspeitos vendiam. Eles foram cercados e presos. Com o grupo foram aprendidos 11 pinos de cocaína, uma pedra bruta de crack, com aproximadamente meio quilo, um tablete de maconha, uma balança de precisão e R$ 506 em dinheiro.

A droga estava escondida dentro de um bueiro. Na cintura do adolescente de 17 anos, os policias encontraram um revólver calibre 38. Eles foram encaminhados ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA-BH).