Após seis semanas de aumento de novos casos de infectados pelo novo coronavírus, a prefeitura de Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, decidiu frear o processo de reativação das atividades econômicas. Nesta sexta-feira (27), foi publicado um decreto que proíbe esportes coletivos, apresentações musicais, entre outros.

A intenção da prefeitura é evitar aglomerações, por conta do aumento de casos. Neste momento, na cidade, há 105 pacientes sendo monitorados.

Veja quais são as proibições impostas pelo decreto:

I - qualquer outro tipo de atividade recreativa em locais públicos, praças e parques.

II - realização de jogos e esportes coletivos em locais públicos e privados;

III - realização de piqueniques nas orlas das lagoas, praças, academia livres e em

todos os terrenos e áreas públicas e privadas;

IV - realização de aulas presenciais nas escolas;

V - apresentações musicais, ao vivo ou em telão, em estabelecimentos, prestadores de serviços e pessoas jurídicas em funcionamento, incluindo feiras e locais públicos.

As denúncias referentes ao descumprimento das medidas impostas poderão ser apresentadas à Coordenação de Fiscalização por meio do telefone (31) 3688-1487 e por email: fiscalização@lagoasanta.mg.gov.br.