Militares do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo encontraram no início da tarde desta quinta-feira (13), o professor mineiro Antônio Teodoro Dutra Júnior, de 43 anos, que desapareceu no último sábado (8), durante escalada no Pico da Bandeira, no Parque Nacional do Caparaó.

Segundo a corporação, o professor aparenta está bem, apesar de cansado e um pouco desidratado. Ele foi localizado cinco dias depois de se perder do grupo de 38 pessoas que participava de uma escalada ao Pico da Bandeira.

Militares do Corpo de Bombeiros de Minas e do Espírito Santo realizaram uma força-tarefa na tentativa de localizar o professor que é natural de Manhuaçu, na Zona da Mata.

Mais de 20 bombeiros, além de helicópteros foram empenhados na ação de busca e salvamento.

Durante os cinco dias, o professor teve que lidar com frio intenso e muita nebulosidade. Mas, segundo familiares de Antônio, ele possui treinamento militar e de sobrevivência. Por nove anos, prestou serviços na Força Aérea Brasileira de Lagoa Santa, como engenheiro metalúrgico. 

Leia mais:
Arcanjo auxilia nas buscas por mineiro perdido no Pico da Bandeira
Força-tarefa faz buscas por professor mineiro que desapareceu no Pico da Bandeira