Após esconder a gestação da família, uma mulher de 26 anos deu à luz dentro de casa e tentou esconder a criança em um saco plástico. O caso aconteceu no sábado (7), em Caratinga, na Zona da Mata. O bebê foi levado à maternidade do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora em estado grave, mas não resistiu e morreu no domingo (8).

De acordo com a Polícia Militar, a mulher escondeu a gravidez dos familiares com um uso de uma cinta na barriga. No sábado, disse à família que estava com fortes dores e ia buscar atendimento médico. Logo que ela saiu de casa, sua madrasta fez uma busca no quarto da jovem e encontrou o bebê enrolado em um saco plástico, dentro de uma caixa, escondida sob algumas cobertas.

Quando perguntada sobre o que aconteceu, a mulher disse que não sabia que estava grávida até o momento do parto. No momento do nascimento do menino, ela teria tido a impressão de que ele estava sem vida e, por isso, o enrolou em uma sacola e o deixou dentro de uma caixa.

Além do bebê, a mãe teve de ser internada na maternidade. A Polícia Civil irá investigar o caso. 

Em junho deste ano, uma bebê com poucos dias de vida foi encontrada em uma sacola no bairro Salatiel, também em Caratinga. A menina, que estava sem roupas, foi abandonada em uma escadaria da rua dos Operários em frente a uma casa. A moradora encontrou a menina e a criança foi salva.