Após liminar que obriga metrô de BH funcionar em escala mínima, Sindmetro antecipa assembleia

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
31/05/2018 às 17:57.
Atualizado em 03/11/2021 às 03:22
 (Flávio Tavares/Hoje em Dia)

(Flávio Tavares/Hoje em Dia)

Após receber a notificação de liminar do Tribunal Regional do Trabalho em Minas Gerais (TRT/MG), emitida nessa quarta-feira (30), que obriga o metrô a funcionar em escala mínima, o Sindicato dos Metroviários de Minas Gerais (Sindmetro-MG) convocou uma assembleia geral extraordinária da categoria para está sexta-feira (1º), às 10h, na Estação Central do metrô em Belo Horizonte. A princípio, a assembleia dos metroviários estava marcada para sábado (2).

Nesta quinta-feira (31), o Sindmetro-MG descumpriu a decisão judicial, já que o metrô não funcionou. Na limitar, o desembargador do TRT/MG Márcio Flávio Salem Vidigal determina o funcionamento do metrô de Belo Horizonte em escala mínima de 80% das 5h30 às 10h e das 16h às 20h, de segunda a sexta-feira, e de, no mínimo 60%, nos demais horários e nos fins de semana e feriados.

Em nota, o Sindmetro-MG informa que ao rejeitar as propostas da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) espera que o julgamento do dissídio da categoria volte para a pauta do Tribunal Superior do Trabalho (TST), e que vai solicitar a retomada das negociações do acordo coletivo de trabalho 2018/2019.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por