Após onda de violência no Espírito Santo, a Vale informou que vai suspender temporariamente a circulação do Trem de Passageiros da Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) entre MG e ES a partir desta terça-feira (7). "A medida se faz necessária para garantir a segurança das pessoas que utilizam o transporte ferroviário de passageiros diariamente, bem como dos empregados que atuam no interior do trem e nas estações ferroviárias localizadas no Espírito Santo", explicou em nota. 

A empresa informa ainda que a composição que faz o percurso entre a estação ferroviária de Belo Horizonte e a estação ferroviária Pedro Nolasco (Cariacica/ES) circulará apenas até a cidade de Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais. De lá, retornará para a capital mineira até que a situação se normalize. 

Os passageiros que tinham viagem marcada para esta terça (7) poderão remarcar o bilhete ou pedir o reembolso do valor investido na compra da passagem. Para isso, devem se dirigir no prazo de até 30 dias a qualquer uma das estações localizadas ao longo da Estrada de Ferro Vitória a Minas. 

No Espírito Santo, policiais militares estão em greve. Eles reivindicam reajuste salarial e melhores condições de trabalho da categoria. A Força Nacional foi acionada para ajudar na segurança dos municípios, que sofrem com o aumento da criminalidade.

Leia mais:
Militares desembarcam no ES nesta segunda; ministro fala em 51 assassinatos
Temer autoriza emprego de Forças Armadas no Espírito Santo
Justiça decreta ilegalidade de movimento de policiais no ES