Sem a realização de shows desde o início da pandemia, em março do ano passado, os trabalhadores de eventos em Belo Horizonte participaram, na quarta-feira (2), de uma reunião com o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 para buscar alternativas para o setor.

De acordo com a Prefeitura de BH, representantes do grupo se comprometeram a desenvolver uma métrica semelhante à da Educação, que possa permitir a retomada gradual das atividades. As aulas presenciais retornaram na capital em 26 de abril para crianças de até 5 anos da rede particular, e em 3 de maio para alunos de mesma idade nas escolas públicas.

A administração municipal não divulgou mais detalhes do encontro. "As informações serão apresentadas e disponibilizadas tão logo o documento esteja concluído", declarou.

Leia mais:
Homem morre após incêndio em residência, em Ribeirão das Neves
Câmara aprova MP que aumenta tributação de bancos
Polícia Federal fiscaliza credenciamento de funcionários no Aeroporto da Pampulha