Após o segundo arrombamento registrado em menos de um mês, a Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Vila Santa Maria, na região Oeste de Belo Horizonte, deverá ter um vigilante noturno nos próximos dias. A contratação foi autorizada no início da tarde desta terça-feira (11) pela Secretaria Municipal de Educação (Smed).

Nesta madrugada, ladrões cortaram o sistema de alarme e conseguiram entrar na Umei, localizada no bairro Camargos. A invasão desta terça-feira ocorre quase um mês depois de o Hoje em Dia publicar reportagem mostrando que o número de arrombamentos a essas unidades na capital cresceu 143% no ano passado, se comparado a 2015. O crescimento das ocorrências nas Umeis se deu, principalmente, depois que os vigilantes foram retirados dos espaços, no segundo semestre de 2016.

 

Na época da reportagem, em 18 de março, a Secretaria Municipal de Educação (Smed) informou que seguranças noturnos seriam contratados até o fim do mês passado para 50 Umeis. “A lista de escolas que estão recebendo os vigias foi definida a partir de demandas das diretoras, em vista de estatísticas de ocorrências da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Patrimonial”, disse a pasta, na ocasião, em nota.

Acionada nesta terça-feira para comentar sobre o andamento das contratações dos profissionais, a Smed informou apenas que “as 50 unidades priorizadas para essa contratação já estão autorizadas a fazê-la”. Porém, não disse em quantas delas os vigias já estariam atuando.

Vila Santa Maria

No arrombamento desta terça-feira, os ladrões levaram duas máquinas fotográficas e um aparelho de som. As aulas do período da manhã foram suspensas para que a perícia avaliasse os danos ao espaço.

As atividades foram retomadas à tarde. 

Leia mais
Após alta de arrombamentos em Umeis, secretaria estuda recontratar vigias