O corpo de Leandro de Souza Batista, de 7 anos, soterrado em um desabamento que resultou na morte de outras cinco pessoas, foi encontrado nessa terça-feira (24), em Sardoá, no Vale do Rio Doce. A criança estava desaparecida há uma semana, quando uma plantação de eucapilito cedeu e encobriu a residência da família. Com a localização do corpo do menino, realizada por militares de Governador Valadares, sobe para 17 o número de mortes em decorrência da chuva em Minas Gerais.

Ainda nessa terça-feira, um comerciante morreu soterrado por um barranco em Itabira, na região Central de Minas. Joel Rosário da Silva, 48 anos, estava no funco do restaurante Camaco do qual era proprietário quando houve o deslizamento de terra, na avenida Li Guerra, no bairro Praia. O estabelecimento teria sido inaugurado há cerca de uma semana.

Ainda de acordo com a Cedec, pelo menos 77 municípios mineiros foram afetados pelos temporais no período, sendo que 25 decretaram situação de emergência. Até essa terça, havia o registro de 3.410 pessoas desalojadas e 744 desabrigadas. As regiões mais atingidas foram os vales do Rio Doce, Mucuri e do Aço e a Zona da Mata.