Após o forte temporal que atingiu Belo Horizonte, na noite desse domingo (1º), a Defesa Civil emitiu alerta de risco geológico na manhã desta segunda-feira (2). Por causa do solo encharcado, há possibiliade moderada de quedas de muros, deslizamentos, escorregamentos, erosões e aparecimento de trincas e rachaduras. O alerta é válido até quarta-feira (4). Ao observar qualquer um desses sinais, a orientação é ligar imendiatamente para o Corpo de Bombeiros (193) ou Defesa Civil (199).

A Defesa Civil também emitiu alerta de novo temporal, com vento em torno de 50 km/h, até 8h desta terça-feira (3). A previsão para esta segunda é ainda de céu nublado, com pancadas de chuva, por vezes fortes, acompanhadas de raios e rajadas de vento. A temperatura mínima registrada foi de 17°C e a máxima estimada é de 27°C. A umidade relativa mínima do ar deve ficar em torno de 65% no período da tarde.

Na noite de domingo, a Defesa Civil chegou a bloquear a circulação nas avenidas Vilarinho, na região Norte, e na Tereza Cristina, em toda a extensão com o ribeirão Arrudas descoberto, devido às chuvas. O Corpo de Bombeiros atendeu quatro ocorrências só na avenida Tereza Cristina. Na altura do bairro Vista Alegre, um veículo laranja foi arrastado pela enxurrada e uma vítima foi socorrida. Na alça de acesso, sentido Centro-Betânia, uma pessoa ficou presa dentro de um veículo. Ela pulou e se agarrou em um poste, de onde foi retirada em segurança. Na altura do Bairro das Indústrias, a água chegou a invadir um carro. E na altura do bairro São Paulo, os bombeiros também foram acionados por causa de alagamentos. Ninguém ficou ferido. 

Por volta das 21h50, a chuva era considerada extramamente forte (acima de 5 milímetros) nas regiões Leste, Centro-Sul, Oeste e Barreiro. 

Dicas para o período chuvoso:⠀⠀

  • Coloque calha no telhado da sua casa.⠀⠀
  • Conserte vazamentos em reservatórios e caixas-d'água.⠀⠀
  • Não jogue lixo ou entulho na encosta.⠀⠀
  • Não despeje esgoto nos barrancos.⠀⠀
  • Não faça queimadas.

Sinais de que deslizamentos podem acontecer:⠀⠀

  • Trinca nas paredes.⠀⠀
  • Água empoçando no quintal.⠀⠀
  • Portas e janelas emperrando.⠀⠀
  • Rachaduras no solo.⠀⠀
  • Água minando da base do barranco.⠀⠀
  • Inclinação de poste ou árvores.

* Fonte: Defesa Civil