Belo Horizonte registrou, na madrugada desta terça-feira (25), o segundo dia mais gelado do ano. Os termômetros marcaram 8,4ºC, mas, por causa dos ventos, a sensação térmica foi de 5ºC.

Em 2020, temperatura menor só ocorreu em 29 de maio, com 8,3ºC. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o período mais gelado do dia foi entre 6h e 7h, nas áreas mais altas da cidade, como Pampulha e Belvedere. A máxima, durante a tarde, não deve ultrapassar os 25ºC.

E, para quem não gosta do tempo tão frio, uma boa notícia. Conforme o meteorologista Claudemir Félix, a massa de ar polar que está agindo em Minas começa a perder força. Com isso, a previsão para os próximos dias é de ligeiro aumento de temperatura.

Na quarta-feira (26), os termômetros devem oscilar entre 9ºC e 26ºC. "Mas a mínima vai subindo aos poucos e, até o fim de semana, deve chegar a 13ºC", informou. No período, não há previsão de chuva.

Geada

No Sul de Minas o frio foi ainda mais intenso. Em Caldas, o termômetro marcou 0,9ºC. Em Maria da Fé, o 1,5ºC foi suficiente para provocar geada e encobrir a cidade de gelo.

Leia mais:
Após sensação térmica de 0ºC, BH pode registrar o dia mais frio do ano nesta terça-feira