Coletivos, associações e artistas assinaram nesta quarta-feira (27) uma carta solicitando à Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte a prorrogação do prazo para inscrição de projetos no Edital da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

O edital foi divulgado em 5 de dezembro de 2015 e, segundo o grupo, por compreender o período das férias escolares e de verão, "dificulta muito as reuniões de planejamento com os parceiros e fornecedores envolvidos nos projetos, já que muitas pessoas se encontram em viagem", diz o ofício.

Ainda segundo o texto, os artistas sublinham que "a ampliação do prazo para envio dos projetos favorece uma melhor elaboração dos projetos e possibilita aos artistas e produtores trabalharem com melhores condições de negociação e planejamento, o que fica comprometido com este prazo estipulado pelo presente edital".

As inscrições serão encerradas no próximo domingo, dia 31 de janeiro, e podem ser feitas pela internet.

Segundo a assessoria da Fundação, até o fim da tarde terça o documento não havia sido protocolado. "Entendemos, no entanto, que postergar o prazo seria uma injustiça com os demais artistas, associações e coletivos que já cadastraram seus projetos. De todo modo, uma avaliação será feita de forma a atender da melhor forma todos os lados", explicou o assessor de imprensa, Gustavo Mendicino.

Ainda segundo a assessoria, até a publicação da reportagem, mais de mil projetos haviam sido inscritos. A expectativa é de que neste ano, o número de projetos seja recorde, ultrapassando os 2 mil de 2015.