Uma denúncia feita por meio do Facebook levou a Polícia Militar ao asilo particular Recanto Conviver, no Bairro Camargos, Região Oeste de Belo Horizonte. Um vídeo feito por um vizinho (assista abaixo) registra uma das internas sendo ameaçada e agredida verbalmente por uma funcionária, identificada como uma técnica em enfermagem de 34 anos.

Os militares estiveram no local na noite desta segunda-feira (1º) e levaram os envolvidos (o diretor do asilo, a funcionária e o vizinho denunciante) para prestar depoimento em uma delegacia na Região do Barreiro. Um boletim de ocorrência por maus-tratos foi registrado.

O diretor conta que ficou surpreso com a denúncia: "Nos quatro anos em que ela trabalhou aqui, nunca tivemos nenhum tipo de reclamação sobre o seu trabalho ou comportamento. Foi um grande susto para todos nós. Alguns de nossos internos ficaram muito tristes e comovidos com a notícia porque gostavam muito dela", explica.

"Demitimos a funcionária e estamos aguardando os procedimentos legais para investigação do caso. Já entregamos a gravação das câmeras de segurança à polícia", completa o diretor do asilo. A casa recebe, normalmente, 18 internos e conta com cerca de dez funcionários trabalhando diretamente no cuidado com os idosos.