Passava das 6h30 desta sexta-feira (3) quando a Praça 7, no Centro de BH, foi reaberta para circulação. A festa do Atlético campeão brasileiro começou ainda na noite dessa quinta-feira (2), em Salvador, onde o time foi campeão, e promete se estender por muito tempo na capital mineira.

A concentração vista ao longo da festa já se dispersou, mas ainda tem muita gente fazendo uma última comemoração antes de ir para casa. Nilson Júnior e Irany Santos são dois desses exemplos. O aposentado de 48 anos e a diarista de 59 chegaram pouco depois do fim do jogo, e só voltaram para casa por volta das 6h40.

"Assim que acabou o jogo, saímos de casa, no Barreiro, e viemos andando até a Praça 7", conta o aposentado. Eles contam que a festa dispensa qualquer elogio, e celebram a conquista tão importante para a história atleticana. "Está todo mundo de parabéns, foi uma campanha linda, uma festa linda. Obrigado, Galo", completou.

Mesmo com a sexta-feira começando, eles conversavam sobre tudo, menos trabalho. Iracy inclusive já volta para casa tendo avisado ao chefe que hoje é dia de festa.

"Já avisei que hoje não vou trabalhar. Se a gente tiver dificuldade pra ir embora, ainda posso voltar andando também", comemorou. 

De acordo com a Polícia Militar, a noite foi mais tranquila que o esperado na região. Militares contaram que houve algumas ocorrências envolvendo fogos de artifício e rojões, mas que foram atendidas e entregues a hospitais de BH. Por volta das 6h50, a corporação finaliza a remoção dos bloqueios ao redor da praça, e o trânsito começa a ser liberado. As barreiras de contenção e os trios elétricos, onde estavam os campeões, já foram retirados.