As aulas presenciais em Minas retornam no segundo semestre deste ano, garantiu o governador Romeu Zema (Novo). A data exata, porém, não foi definida. A declaração do chefe do Executivo estadual foi dada na manhã desta sexta-feira (17), em entrevista à Rádio Itatiaia.

Devido à pandemia, os estudantes mineiros estão afastados das escolas desde 13 de março. Na rede pública, são 2 milhões de alunos no ensino remoto desde 18 de maio. Nas instituições particulares, um protocolo de segurança foi elaborado.

Atualmente, Minas vive o pior momento de contágio da Covid-19. Mesmo assim, Zema já projeta o retorno do ensino presencial. "Com certeza no segundo semestre nós teremos (volta às aulas)", afirmou. Apesar disso, ele não cravou uma data. "Está cedo para precisar essa data porque nós estamos agora no platô e vamos ter que ver como a pandemia vai se comportar nessa nova fase", declarou.

Durante a entrevista, Zema reconheceu que o ensino remoto não tem a mesma qualidade do presencial. Mas, por causa da crise sanitária, precisou ser adotado para não prejudicar ainda mais o ensino dos estudantes.

"É o meu maior anseio que essas aulas voltem o quanto antes. Sei que as crianças em casa não estão aprendendo tanto quanto poderiam estar aprendendo com aulas presenciais. E nos queremos fazer isso o quanto antes", disse.

Procurada, a Secretaria Estadual de Educação (SEE) confirmou que o governo avalia os meios mais seguros para a retomada das atividades nas instituições de ensino, considerando critérios técnicos e científicos. "A SEE/MG está elaborando um protocolo para o retorno às aulas presenciais, em consonância com as orientações da Secretaria de Estado de Saúde (SES). O material será finalizado após amplas discussões e estudos realizados pela secretaria com entidades educativas".

Leia mais:
Estação da Pampulha vai ganhar cabine de desinfecção contra o coronavírus
Minas tem mais de 87 mil casos confirmados de Covid; mortes provocadas pela doença chegam a 1.904
Estoque de sedativo para pacientes graves da Covid-19 pode acabar em 15 dias