Mesmo com a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020) em meio à pandemia, a Covid-19 não foi citada durante a prova aplicada neste domingo (17). Segundo estudantes que realizaram o exame em uma faculdade da região Noroeste de Belo Horizonte, a ausência de questões relacionadas ao novo coronavírus surpreendeu.

Enem 2020 estudantes

Primeiro dia de provas foi tranquilo, afirmam os estudantes

"Nessa pandemia, o crescimento de doenças mentais, como depressão, foi bem intenso. Então, é um tema que seria muito bom ser abordado para dinamizar com tema da redação", avaliou Matheus Gimpell, de 20 anos.

Veja a avaliação feita pelo jovem:

A candidata Andréia Emanuele, de 19, que pretende cursar Medicina Veterinária, também acreditava que a Covid seria abordada. "Estamos há mais de um ano na pandemia. Pensei que iria cair", disse.

Primeira etapa

No primeiro fim de semana, o teste, que começou às 13h30, teve questões de Linguagens, Ciências Humanas e a Redação. O primeiro candidato a sair da sala só foi liberado às 15h30. O horário limite para o primeiro domingo é 19h.

Ao todo, cerca de 5,8 milhões de alunos estão inscritos. O Enem 2020 terá uma versão impressa e uma digital, realizada de forma piloto para 96 mil candidatos, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Leia Mais:
Candidato terá que apresentar laudo médico de 25 a 29 de janeiro para reaplicação do Enem
Tema da redação do Enem 2020 agradou alunos que prestaram o exame em BH
Número de abstenções no Enem foi alto, afirmam estudantes em BH