Baixa cobertura de vacinas em Minas aumenta risco para crianças mineiras contraírem sarampo e pólio

Marina Proton
mproton@hojeemdia.com.br
16/10/2021 às 07:28.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:04

A baixa procura pelas vacinas do calendário infantil coloca em risco a prevenção de doenças em Minas. A situação é mais grave com relação às coberturas da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e da Pólio Inativada (poliomielite), ainda distantes da meta de 95%. 

Na tentativa de aumentar a proteção, acontece neste sábado a campanha de multivacinação. Crianças e adolescentes de até 14 anos poderão atualizar o cartão de vacina em todo o Estado. São 18 imunizantes disponíveis. 

E a preocupação não se restringe à tríplice e pólio. Durante a pandemia, toda a caderneta foi afetada, obrigando que 4,4 milhões de jovens compareçam aos postos municipais. O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, fez um apelo aos pais.

“Está abaixo da meta em todas as vacinas, a maior parte está entre 70% e 80%. Depois de tanto sofrimento com a Covid, a gente não pode esquecer que tem doenças preveníveis, que estão há anos convivendo conosco e tem gente não buscando vacinação”. 

Adultos também

Diretora de Vigilância de Agravos Transmissíveis da SES-MG, Marcela Lencine Ferraz reforçou que uma imunização mais robusta contribui para o controle ou erradicação dessas enfermidades. Ela alertou que adultos também podem se proteger.

“A abertura das salas de vacinação no Dia ‘D’ permite aos pais levarem as crianças e adolescentes para serem imunizadas no fim de semana. Além disso, os familiares também podem atualizar o próprio cartão de vacina”, disse. 

As pessoas devem levar o cartão de vacinação para que o profissional de saúde avalie a necessidade das doses. A campanha segue até 29 de outubro. 

Ações contra a Covid

Para evitar aglomerações, a SES recomenda aos municípios que a campanha seja realizada em áreas bem ventiladas e desinfetadas com frequência. O número de acompanhantes de crianças e adolescentes deve ser limitado a uma pessoa e será preciso observar o distanciamento.

Veja quais são as cinco vacinas com menor cobertura em Minas

  • Triviral (SRC - sarampo-caxumba-rubéola):
  • Polio Inativada:
  • BCG:
  • Meningite C:
  • Rotavirus:
Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por