Criminosos colocaram fogo em um ônibus coletivo de Ipatinga, Vale do Aço, na manhã desta quarta-feira (3), espalhando pânico entre os cerca de 30 passageiros que estavam no circular. Ninguém se feriu. Dois suspeitos, de 17 e 21 anos, foram presos no início da tarde. A motivação está sendo investigada.

A Polícia Militar informou que três bandidos invadiram o ônibus quando ele passava pela rua Ilhéus, bairro Planalto, por volta das 10h50, e exigiram a saída dos passageiros. Em seguida, atearam fogo. Um quarto homem deu fuga para o bando. Os passageiros contaram que um deles estava armado. O fogo atingiu a fiação de um poste, deixando o bairro sem luz e telefone. O ônibus ficou completamente destruído.

A polícia esta apurando se o crime tem ligação com uma tentativa de fuga frustrada e um motim ocorrido logo depois, no Ceresp de Ipatinga, na madrugada desta quarta-feira. De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), eles serraram as grades da cela e saíram para o pátio, mas foram surpreendidos pelos agentes da unidade prisional que impediram a fuga.

Os agentes utilizaram armamento não letal para controlar a situação e, de acordo com a Seds, não houve feridos. A direção da unidade instaurou um procedimento interno para apurar o ocorrido e as investigações ficam a cargo da Polícia Civil.