Um bar localizado na esquina das ruas Espírito Santo e Caetés, no Centro de Belo Horizonte, tentou burlar as regras da prefeitura e "esconder" os clientes no estabelecimento após o horário determinado para o fechamento. Por causa da pandemia do novo coronavírus, os botecos da cidade só podem funcionar até as 22h.

No entanto, o dono do estabelecimento fechou as portas, mas manteve os fregueses dentro do local. Denunciado, fiscais da PBH foram até o bar e encontraram 30 pessoas. O caso ocorreu pouco antes da meia-noite. Na sexta-feira (4) foi o primeiro dia que os bares foram autorizados a reabrir à noite desde março.

De acordo com o Executivo, o gerente do bar foi advertido e notificado sobre o descumprimento dos protocolos de prevenção à Covid-19. Se for flagrado novamente desrespeitando as normas, o local poderá ser interditado e multado.

Blitzes educativas realizadas pela Subsecretaria de Fiscalização no hipercentro da capital flagraram alguns estabelecimentos com as portas abertas após às 22h. Todos foram notificados.

Leia mais:
Belo-horizontinos retomam ida a bares e restaurantes; primeiro fim de semana é de teste
Assista ao vídeo da reabertura noturna de bares e restaurantes em Belo Horizonte