Donos de bares e restaurantes de Belo Horizonte que quiserem expandir o atendimento para as calçadas e áreas de estacionamento poderão fazer a solicitação no site da prefeitura. A previsão é que em até três dias o executivo analise o pedido e dê o aval ou a negativa. As normas e o link para fazer a solicitação devem ser divulgados nos próximos dias.

A partir do dia 4 de setembro, os estabelecimentos vão poder funcionar no período noturno e com venda de bebidas alcoólicas, em dias da semana determinados por decreto. Mas, para evitar aglomeração e permitir o distanciamento social, a PBH vai autorizar que os bares e restaurantes ampliem a área de atendimento aos clientes.

Para utilizar calçadas e estacionamentos, várias regras terão que ser seguidas.  O secretário de Planejamento, Orçamentos e Gestão, André Reis, adiantou algumas exigências.

Segundo ele, os fiscais vão observar se o local não é exclusivamente residencial e não haverá muito incômodo para os moradores. Além disso, o gestor explicou que a expansão do estabelecimento poderá ser de até seis metros da lateral do imóvel e, no caso dos estacionamentos, deverão ser cercados.

"A gente está colocando um prazo de três dias para ver a localização e qual o impacto na região onde está localizado o bar e restaurante", explicou.

Interdição

Sobre as ruas e avenidas que poderão ser fechadas para ampliação de atendimento, Reis informou que devem ser anunciadas na próxima semana. A Secretária de Políticas Urbanas e a BHTrans estão finalizando os pontos de interdição.

"Neste momento estamos fazendo a análise. Talvez ao longo da semana que vem a gente já tenha um panorama de como vai ser o fechamento", declarou. O gestor explica que as ruas e avenidas serão bloqueadas para facilitar o atendimento dos bares e restaurantes, e "mitigar impactos econômicos no setor". 

Mas alerta que a PBH não irá tolerar festas e abusos. "De forma alguma o fechamento vai poder virar grandes aglomerações", destacou.

Funcionamento

Conforme a PBH, a partir do dia 4 de setembro os bares e restaurantes poderão funcionar nas sextas-feira, de 11h às 22h, com venda de bebida alcoólica a partir das 17h. Nos sábados e domingos, das 11h às 22h, com a venda de bebida alcoólica em todo o período. De segunda a quinta-feira, a autorização para almoço permanece. Nesses dias, porém, os estabelecimentos recebem os clientes das 11h às 15h, sem bebidas alcoólicas.


Leia mais:
Belo Horizonte libera o funcionamento de academias a partir da próxima segunda-feira
Sem restrição de horário e com piscina liberada: veja regras para funcionamento das academias em BH