O sonho antigo dos comerciantes do Barro Preto, polo da moda de Belo Horizonte, deve, enfim, ser concretizado. Com quatro anos de atraso, a prefeitura anunciou nesta terça-feira (24) que a obra de revitalização do bairro deve começar em setembro deste ano.

A informação foi passada pelo secretário da Regional Centro-Sul, Marcelo de Souza e Silva, durante reunião realizada nesta manhã na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH).

A expectativa inicial é de que a obra seja concluída até março de 2017, sendo que o edital está previsto para ser publicado em junho. “Nossa previsão é que as obram sejam concluídas dentro de seis meses”, informou o secretário.

Em 2012, quando foi divulgada que a região seria revitalizada, a ideia inicial era realizar intervenções em 20 trechos ao longo da avenida Augusto de Lima e da rua Mato Grosso. Contudo, o novo projeto comtempla quatro quarteirões que, segundo o secretário, "foi readequado de acordo com às necessidades do comércio local".

Melhorias

Segundo Souza e Silva, uma das propostas principais é melhorar o espaço dado aos pedestres, além de valorizar a imagem da região. “Para isso serão alargadas as calçadas de quatro quarteirões. Duas dessas intervenções serão realizadas na avenida Augusto de Lima entre as ruas Araguari e Rio Grande do Sul. E outras duas na rua Mato Grosso entre as ruas dos Goitacazes e Guajajaras”, disse. 

O diretor do Conselho CDL Barro Preto, Fausto Izac, acredita que a revitalização trará um novo fôlego ao comércio local. “Com a obra esperamos que o Barro Preto reforce sua imagem de polo de moda da capital mineira, ampliando assim o número de consumidores e visitantes que circulam pela região”, afirma.