Novecentos policiais rodoviários federais vão intensificar a fiscalização nas estradas mineiras até o dia 14 de fevereiro. Eles vão atuar na Operação Rodovida, lançada ontem nacionalmente. Em Minas, além da PRF, a iniciativa envolve a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), Polícia Militar e Guarda Municipal.

Segundo o inspetor da PRF Aristides Júnior, o objetivo é reduzir acidentes de trânsito nas estradas durante os feriados de fim de ano, férias escolares e Carnaval. Neste período de chuva, o cuidado deve ser redobrado (veja quadro).

A PRF listou os dez pontos considerados mais críticos nas BRs, em todo o país – em função do alto índice de acidentes. Um deles fica em Minas Gerais, entre os Kms 520 e 530 da 040, em Contagem (RMBH). Entre outubro de 2014 a setembro deste ano, foram registrados 80 acidente graves no trecho, com 101 feridos e 13 mortes.

Foram listados também os locais mais perigosos, onde serão realizadas ações planejadas para evitar acidentes. Segundo Aristides Júnior, situações como a da BR-040, em Contagem, onde acontecem muitos atropelamentos, as medidas vão passar pela solicitação de implantação de passarelas e parapeitos, por parte da concessionária da via, o que pode levar mais tempo.

“Cada caso terá um planejamento diferente. Se o problema é de ultrapassagens perigosas, por exemplo, vamos intensificar as fiscalizações”, cita.

De acordo com o inspetor, as ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, dirigir sob efeito de álcool e falta de atenção são as principais causas de acidentes. Mas, segundo ele, a operação Rodovida, que já está em seu quinto ano, tem conseguido reduzir a violência nas estradas.

Entre dezembro de 2013 e fevereiro de 2014, foram registrados 5.089 acidentes em Minas Gerais. Já no mesmo período, entre 2014 e 2015, foram 3.584, uma queda de 29%.

Rodoviária

A rodoviária de Belo Horizonte também está com operação especial para o fim de ano, com apoio das polícias Militar e Civil, além da Guarda Municipal. A expectativa é a de que, entre nessa sexta e 25 de dezembro, 156 mil pessoas passem pelos dois terminais, no Centro e na Estação José Cândido, no bairro Cidade Nova, região Nordeste da Capital.

Serão 5.600 partidas ao todo, o terminal correto de embarque estará informado na passagem.

Movimentação intensa em áreas de comércio na capital também preocupa a fiscalização

Desde o início da semana, as ações da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) foram intensificadas em função das festas de fim de ano. Segundo o comandante da corporação, Ledwan Cotta, o efetivo da corporação na região metropolitana foi reforçado com militares administrativos. “Nós teremos o aumento de todas as operações e não só a da Lei Seca”, afirmou.

Por causa da proximidade das datas festivas e do aumento no vai-e-vem das compras, trechos de rodovias com pontos comerciais de relevância, como o Anel Rodoviário (Shopping Del Rey) e BR-356 (BH Shopping) receberão reforço até janeiro, segundo o comandante.

Também haverá operações perto do viaduto do bairro São Francisco, no Km 14 do Anel Rodoviário – entroncamento com a avenida Antônio Carlos –, na MG-010 e nas saídas de Sabará, Nova Lima, Ouro Preto e Itaúna.

As operações da Lei Seca serão ampliadas em pontos da BR-356, entre os Shoppings Ponteio e BH Shopping, além do Anel Rodoviária. Na madrugada deste sábado (19), até as 4h, a corporação realizaria blitz próximo à saída da cidade.

Conscientização

Na quarta-feira, a PMRv, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e BHTrans irão realizar uma operação educativa próximo ao BH Shopping. Quando os motoristas forem parados para fiscalização, serão convidados a assistir, em uma tenda, a um vídeo de um minuto com informações de segurança. “É para alertar a população sobre a condução do veículo e também questões de planejamento da viagem, revisões e alerta sobre acidentes e pontos cegos”, explicou Cotta.

Trânsito

Bairros comerciais da capital receberam reforço para o Natal, de acordo com o tenente-coronel Cássio Soares, comandante do Batalhão de Trânsito. “No Centro, Savassi e na área comercial do Vilarinho e Barreiro, intensificamos o policiamento”, afirmou Soares.

Locais com grande circulação de veículos também têm atenção especial. “Nesta época, a questão de estacionamento é um problema e as pessoas acabam parando em locais proibidos”, afirmou o tenente-coronel.

"A previsão é a de que o fluxo na BR-381 aumente 60% no Natal, de acordo com a Autopista Fernão Dias; pela BR-040, devem passar 820 mil veículos até 3 de janeiro, no trecho sob concessão da Via 040"
 

(*Com Letícia Alves)