Um bebê de um ano morreu carbonizado em meio a um incêndio em uma residência em Patis, a 90 quilômetros de Montes Claros, no Norte de Minas, na noite dessa terça-feira (16). Além do bebê, na casa, localizada na avenida Mendes Camelo, no Centro da cidade, havia uma outra criança de 2 anos e o pai de 35 anos.

De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar (PM), o senhor I. A. F. C. estava tomando banho, quando ouviu um estouro e, aos sair do banheiro, deparou com a casa em chamas. Ele teria tentado retirar o bebê da residência, que possuia apenas um cômodo, mas não conseguiu agir a tempo. Ainda segundo ele relatou aos militares, as chamas estavam muito altas e algo teria caído em seu olho, impedindo que ele entrasse novamente na casa.

A criança de dois anos conseguiu sair da casa em chamas sozinha sem ferimentos. A vítima I. A. F. C., sofreu queimaduras pelo corpo e foi atendido no centro de saúde local.

A perícia compareceu ao local, realizou os trabalhos de praxe e liberou o corpo ao serviço funerário, para encaminhamento ao Instituto Médico Legal (IML).  

O incêndio destruiu telhado, sofá, cama, berço, guarda-roupas, geladeira, TV, roupas e utensílios domésticos.