Com a retomada das atividades presenciais nas escolas de Belo Horizonte, a prefeitura antecipou a vacinação contra a gripe para professores da capital e a expectativa é imunizar cerca de 34 mil docentes das redes pública e particular. Para receber a dose, o profissional precisa apresentar um comprovante como o contracheque ou uma declaração.

Segundo a PBH, a campanha segue em andamento para os demais públicos, como crianças de seis meses a 5 anos, gestantes, puérperas e trabalhadores da saúde que atuam em hospitais (públicos, filantrópicos e privados), Samu, centros de saúde e UPAs. 

Desde o início da campanha, em 12 de abril, foram vacinadas cerca de 24 mil pessoas do grupo contemplado e a meta é proteger 90% do público-alvo. 

Por medida de segurança, quem recebeu a vacina contra Covid-19 precisa respeitar um intervalo mínimo de 14 dias para tomar a dose contra gripe. 

A imunização desse público é realizada nos centros de saúde, no horário de rotina das salas de vacina, com exceção das nove Unidades 24h. Já a aplicação das doses para os profissionais de saúde segue sendo realizada em cada instituição.

Os endereços dos centros de saúde e os horários estão disponíveis no portal da PBH.

Leia Mais:
PBH amplia pontos de vacinação para trabalhadores da saúde com mais de 18 anos; veja os endereços
CPI da Pandemia ouvirá ex-ministro Pazuello em 19 de maio
Irregularidades sanitárias no ensino infantil público e privado devem ser denunciadas à PBH