Na primeira quinzena do ano, Belo Horizonte já registrou nove casos de dengue confirmados. Outras 256 notificações estão sob investigação e 39 casos foram descartados após exames laboratoriais nos pacientes. Dois registros de zika seguem sem confirmação.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, em 2019 foram contabilizados 116.516 casos e 34 mortes por dengue na capital mineira. Foram descartados 22.914 casos e outros 956 ainda estão pendentes de resultados.  

Sobre a zika, em 2019 foram confirmados três casos, enquanto outros 339 foram descartados. Ainda não há resultados para 15 notificações.

Dentre os trabalhos realizados pela prefeitura para que não haja uma nova epidemia da doença, está o projeto projeto Construção sem Aedes, que prevê diversas atividades de conscientização dos trabalhadores da construção civil. Esta semana, estão programadas palestras em cinco canteiros de obras da cidade.

A equipe vai reforçar os cuidados, principalmente a necessidade de evitar o acúmulo de água parada em locais específicos do ambiente de obras, tais como carrinhos de mão, lajes, fossos de elevador e entulhos.

Leia mais:

Calorão e chuvas exigem atenção redobrada para incidência de doenças transmitidas pelo Aedes

Por dia, 48 casos de dengue são registrados em Minas