Dois dos três índices de monitoramento da Covid-19 em Belo Horizonte, que são usados para definir os rumos da flexibilização do comércio na capital, apresentaram aumento, segundo o boletim epidemiológico e assistencial da prefeitura divulgado nesta terça-feira (23).

O número médio de transmissão por infectado subiu de 0,94 para 0,96, mesmo assim continua no patamar abaixo de 1, que é considerado sob controle. No caso dos leitos de enfermaria, a ocupação passou de 48,7% para 50,0%.

Em contrapartida, a taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva apresentou uma leve queda desde essa terça-feira (22) e caiu de 65,5% para 64,2%. 

Boletim covid

A capital mineira tem até o momento 106.753 infectados pelo coronavírus. Destes, 2.695 pessoas perderam a vida para a doença. Nas últimas 24 horas houve o registro de 24 óbitos. Outros 4.481 pacientes seguem em acompanhamento.

O levantamento mostra ainda que 99.577 já se recuperaram da Covid-19 desde o início da pandemia.

Ainda de acordo com o informe, 107.757 pessoas receberam a primeira dose do imunizante. Já a segunda dose da CoronaVac foi aplicada em 53.334  belo-horizontinos. O total de vacinas recebidas pelo município chegou a 242.220 e a previsão para início da aplicação do reforço da Astrazeneca é no mês de maio deste ano.