A Prefeitura de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, iniciou nesta segunda-feira (25) a testagem para a Covid-19 em profissionais da segurança pública e de asilos que apresentarem sintomas de gripe. O atendimento será feito mediante agendamento prévio por telefone.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, terão atendimento prioritário as pessoas que atuam no policiamento ostensivo e no sistema prisional com sintomas gripais. Já os trabalhadores que atuam nas instituições de longa permanência de idosos (ILPIs), também com indícios de gripe, serão testados. Conforme a pasta, a ampliação do público segue recomendação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG). 

Para participar, os profissionais com sintomas como febre, tosse, coriza e dor de garganta deverão ligar para o Centro de Referência Regional de Saúde do Trabalhador (Cerest), localizado à rua Tocantins, s/n, bairro Brasileia. O telefone é 3531-3799. 

"O profissional será acolhido e receberá as orientações para os cuidados necessários. Durante a consulta médica, será avaliada a indicação de testagem rápida ou PCR. Os profissionais com diagnóstico de síndrome gripal deverão aguardar o resultado do exame em casa, mantendo o isolamento domiciliar no período de 14 dias", explicou a diretora de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde de Betim, Vivian Ribeiro.

Para acompanhar o estado de saúde no período de isolamento domiciliar, os profissionais serão monitorados diariamente pela equipe responsável, por meio de ligações telefônicas. Caso ocorra a evolução da doença, a orientação é que o paciente procure a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) mais próxima.

"É importante destacar também que todos os cuidados de higiene respiratória e distanciamento social estão sendo mantidos no local e o Cerest foi adaptado, com área de isolamento, para garantir a privacidade e a segurança desses profissionais", finalizou.