A Prefeitura de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, decretou situação de emergência por causa da pandemia do novo coronavírus em todo o mundo. Em Minas Gerais, quatro casos foram confirmados da doença Covid-19. Outros 297 estão em investigação. Na semana passada, o governador Romeu Zema (Novo) declarou emergência em Minas por conta da enfermidade.

Com o decreto, o município fica dispensado de fazer licitação para compra de insumos de saúde e de serviços. Além disso, determina a realização compulsória de exames médicos, testes laboratoriais, coleta de amostras clínicas e vacinação contra gripe.

No decreto, o prefeito Vittorio Medioli ainda determinou a antecipação do pagamento da primeira parcela do 13º salário dos aposentados do Regime Próprio de Previdência Social para o mês de abril e suspendeu a realização de prova de vida dos aposentados, pelo período de seis meses. O chefe do Executivo ainda criou a Sala de Situação de enfrentamento do Coronavírus.

Casos

Até o momento, conforme o Ministério da Saúde, o Brasil tem 1.913 casos suspeitos de coronavírus, 200 confirmados e nenhuma morte. No mundo, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), são 153.517 casos confirmados e 5.735 óbitos.

Leia mais:
Escolas particulares de Minas devem parar por três dias para planejar enfrentamento à Covid-19
Ciências Médicas, Fumec, PUC: confira lista de instituições que estão com aulas suspensas
Covid-19: BNDES e Petrobras promovem ações para prevenir contágio