A Prefeitura de Belo Horizonte informou, na manhã deste sábado (16), que aguarda um comunicado oficial do Ministério da Saúde sobre a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina AstraZeneca, que, segundo a pasta federal, agora será de oito semanas.

Anteriormente, este prazo era de 12 semanas. Em nota, a PBH alegou que segue o Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19 e espera novas orientações. 

Em relação ao novo intervalo do imunizante da Pfizer, também de oito semanas, a administração municipal disse que aguarda que novas remessas sejam entregues. 

“A Secretaria Municipal de Saúde reafirma a disponibilidade de pessoal e de todos os insumos necessários para a imediata continuidade do processo”, concluiu.

Leia mais:
BH imuniza cães e gatos contra a raiva neste sábado; confira locais e horários
Covid-19: cai de 12 para 8 semanas prazo entre as doses da AstraZeneca
Baixa cobertura de vacinas em Minas aumenta risco para crianças mineiras contraírem sarampo e pólio